Sérgio Mendes & Brasil 66 – Stillness (1971)


Tá aí, mais uma bela obra do genial pianista, maestro e arranjador, Sérgio Mendes.

Em Stillness (1971), o destaque fica para as faixas Lost In Paradise e For What Its Worth, capazes de tocar até os mais insensíveis, rs..

Situando na linha do tempo,

“Chegando na A & M Records em 1966, Sérgio Mendes e seu grupo assinaram um contrato de gravação com Herb Alpert, cujo entusiasmo permitiu o sucesso quase que imediato do grupo. Misturando jazz, brasileira e americana estilos populares, Brasil ’66 tornou-se conhecido pelo seu som único e inovador.

Duas peças eram chave nessa formação, Mendes como pianista, arranjador, produtor e diretor musical, e a vocalista Lani Hall, que deu ao grupo o requinte que garantiram seu sucesso nas paradas de música pop.

A banda era formada por Sérgio Mendes (piano e teclados), Lani Hall e Janis Hansen (vocais), José Soares (percussão), Bob Matthews (baixo) e João Palma (bateria).”

Stillness 2:45 Paula Stone
Righteous Life 3:20 Paula Stone
Chelsea Morning 3:04 Joni Mitchell
Can??o do Nosso Amor 3:52 Silveira – Dalton Medeiros
Viramundo 3:07 Capinan – Gilberto Gil
Lost in Paradise 3:46 Caetano Veloso
For What It’s Worth 3:45 Stephen Stills
Sometimes In Winter 4:44 S. Katz
Celebration Of The Sunrise 1:45 Ti?o Neto – Oscar Castro Neves
Stillness (Reprise) 1:29 Paula Stone

Confere!

Lost In Paradise

For What Its Worth


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s